Nossos Parceiros e Patrocinadores. Clique aqui para anunciar nesse site

 
 
abr 14, 2020
1812 Visualizações
Comentários desativados em Site de George Soros diz: “a crise do coronavírus é o momento perfeito para abolir a família”
7 0

Site de George Soros diz: “a crise do coronavírus é o momento perfeito para abolir a família”

Escrito por
Compartilhe:

Bilionário e doador de vultuosas quantias para membros esquerdistas no mundo inteiro, George Soros é o exemplo mais promíscuo e sórdido que há entre o socialismo e o capitalismo: ele investe bilhões em projetos da esquerda para ganhar poder e mais dinheiro ainda especulando financeiramente sobre as desgraças alheias fabricadas pelos governos de esquerda.

No artigo escrito em 24 de março de 2020 na sua ONG Open Democracy, a militante feminista Sophie Lewis, destila todo o seu horror pela instituição da família e promove uma agenda contra o lar familiar e pede que as famílias tradicionais sejam abolidas.

Para a militante, a família tradicional é a fonte de todos os problemas da sociedade. Como se o abuso infantil e estupros fossem quase uma regra no convívio familiar e ainda diz que caso a família não seja uma máquina de todo tipo de abuso físico e psicológico, a família então é uma pequena indústria que cria indivíduos alienados para servir o capitalismo “malvadão”, onde “normatizam o trabalho produtivo”, “romantizam o parentesco” e que independente de qualquer coisa, ainda assim “uma família particular como modo de reprodução social ainda é, francamente, uma porcaria”.

A feminista, além de não esconder seu ódio pela família, acredita que a pandemia pode ser usada para enfim rodar as engrenagens da agenda esquerdista:

“Merecemos algo melhor que a família. Nesses tempos de coronavírus, é um excelente momento para praticar a sua abolição.”

Ela se preocupa com o “bullying da classe LGBT” no próprio lar familiar e alega que os lares, na maioria das vezes, são hostis a públicos homossexuais e afirma que pessoas LGBTs não estão seguras dentro de suas casas.

No artigo, Lewis faz várias outras reivindicações:

“Liberte todos os prisioneiros e detidos agora, refaça as instalações de atendimento [para idosos] como espaçosas vilas autolideradas e demita todos os trabalhadores com salário integral, para que possam deixar suas camas para sempre, e vão morar com seus amigos e curtir a preguiça por pelo menos na próxima década”.

Não há dúvida de que a quarentena domiciliar pode levar a um aumento nos casos de estresse e, em alguns casos, também de abusos e violência familiar, no entanto, apesar da visão sombria das famílias oferecida pela autora do artigo, pesquisas mostram que a crise está, na maioria dos casos, realmente aproximando famílias.

Uma pesquisa realizada pela Gallup mostra que quase 9 em cada 10 crianças (89%) relatam sentir “felicidade” ficando em casa com os pais durante a crise do coronavírus chinês.

Além disso, pesquisas substanciais mostram que famílias com apenas um dos pais, têm um impacto substancialmente negativo nos resultados das crianças. Criadas em famílias com apenas um dos pais, é mais provável que as crianças falhem em progredir na escola e se tornem menos propensas a concluir o ensino médio.

A pesquisa também mostra taxas mais altas de depressão em crianças de famílias com apenas um dos pais do que em crianças em uma família nuclear (com pai e mãe).

Compartilhe:
Tags dos artigos:
·
Categorias dos artigos:
Notícias

Libertário, voluntarista e entusiasta do livre mercado.