Nossos Parceiros e Patrocinadores. Clique aqui para anunciar nesse site

 
 
banner
set 11, 2018
614 Visualizações
Comentários desativados em Por que quem não é anarcocapitalista é socialista parte 2
4 0

Por que quem não é anarcocapitalista é socialista parte 2

Escrito por
Compartilhe:

Afinal, todo mundo que não é anarcocapitalista é socialista?

 

Lemos diversas críticas de alguns leigos a Hoppe, Mises, Soto e outros por dizerem que ” todo estado é socialismo”.
Segundo o raso conteúdo adotado pelo MEC socialismo seria um regime de esquerda, uma versão soft do comunismo. Como alguns classificam.
Não pretendemos fazer qualquer defesa de regimes de direita ou esquerda neste texto. Apenas corrigir um conceito completamente equivocado e vastamente reproduzido.
O socialismo “de esquerda” é o chamado socialismo científico. Este seria um degrau para atingir o que seria o comunismo. São formas de estado, com um líder ou partido no controle da propriedade privada de todos.
Todo estado é justificado com base em uma suposta legitimidade de sua pedra fundamental. Seja uma lei, uma constituição, um pacto federativo…
Esta suposição de validade advém da teoria do contrato social, sob a qual ao nascer você automaticamente aceitou uma série de normas sociais implícitas e que variam de acordo com o interesse dos governantes, para viver naquela sociedade, você nasceu e acabou de tornar-se um ser de direitos e obrigações. O consentimento é presumido.
O primeiro a contestar a validade da presunção de consentimento do contrato social e consequentemente da constituição/pacto federativo americano, foi Lysander Spooner em 1862, em No Traison, Sem traição. Fonte amplamente bebida pelos percursores e após, pelos criadores do anarcocapitalismo.
Pois bem, Hoppe e os outros referem-se a uma sociedade de indivíduos, voluntária, regida pela única lei que não varia de acordo com o tempo e espaço, a ética da propriedade privada.
Neste modelo cada proprietário legisla sobre a própria propriedade de acordo com sua moral, contudo, a ética restringe objetivamente qualquer agressão a outros indivíduos pacíficos.
Em suma, enquanto outros autores, aqueles que os livros do MEC costumam endeusar, tratam de engenharia social, alternativas de estado, os autores anarcocapitalistas tratam de alternativas AO estado.
Assim sendo. Não existe modelo de estado moderno que não esteja intimamente ligado ao CONTRATO SOCIAL e não há estado que não seja SOCIALISTA.

Texto de: Felipe Ojeda, em complemento ao artigo de Luciano Takaki postado no site da foda-se o estado em 7/1/2017: http://foda-seoestado.com/porque-quem-nao-e-anarcocapitali…/

Compartilhe:
Categorias dos artigos:
Economia · Libertarianismo