Nossos Parceiros e Patrocinadores. Clique aqui para anunciar nesse site

 
 
abr 1, 2020
775 Visualizações
Comentários desativados em Coronavírus nos EUA: nove verdades a saber
2 0

Coronavírus nos EUA: nove verdades a saber

Escrito por
Compartilhe:

1. Tudo isso pode ser resolvido seguindo o princípio voluntário: Se você está preocupado, fique em casa. Se você estiver disposto a assumir o risco, tome precauções e vá ao trabalho. Ir para o trabalho significa que você pode interagir com as pessoas e, assim, ficar doente. É um risco. As outras pessoas no trabalho também assumiram esse risco. A vida é cheia de riscos. Não ir trabalhar e não tomar devidas precauções tem seus próprios riscos óbvios associados. Deixe as pessoas escolherem seus próprios caminhos com base em sua própria tolerância a riscos e escolhas voluntárias. Não imponha sua opinião por força do governo àqueles de nós que discordam pacificamente de você.

2. Houve 23.000 mortes nos EUA até agora este ano devido à gripe, 3.000 por coronavírus. Amostras legítimas da população e senso comum mostram que o vírus infectou muito mais pessoas do que as relatadas pelas organizações imorais de notícias que ganham dinheiro com essa histeria. É altamente provável que as taxas de mortalidade REAIS estejam próximas de 0,05%, em vez dos 3% frequentemente enfatizados .

3. O distanciamento social faz as pessoas desconfiarem umas das outras. Pessoas que têm medo um do outro são mais fáceis de controlar. É como se tivéssemos um incêndio em casa e por medo de morrer de coronavírus evitam apertar a minha mão, porém eles continuam andando felizes pela casa sem se preocupar que ela está pegando fogo. É claro que a casa incendiada tem muito mais probabilidade de ser uma ameaça imediata e séria à saúde. 

4. Eu já vi alguns governos locais postando em sites para todos nós denunciarmos uns aos outros que estiverem abrindo sua loja e se reunindo em grupo. Minha esposa teve postagens questionando isso removidos do Facebook. Isso parece muito com a polícia secreta.

5. Em breve eles estarão vacinando à força toda a minha família, mesmo que haja uma grande chance de eu já estar naturalmente imune a esse vírus. E se eu não quiser a vacina? E se eu preferir desenvolver uma imunidade natural? Vou ser apontado (caça às bruxas dos dias modernos) como um bio-terrorista? É claro que, como as vacinas têm todos os tipos de toxinas e, como também serão levadas às pressas para o mercado na histeria atual, há uma probabilidade de me fazerem tomar uma vacina que fará mais mal do que bem. Alguém será responsabilizado se isso acontecer?

6. O trabalho de todos é “essencial” para a própria capacidade de colocar comida na mesa. Estou cansado de as pessoas dizerem a minha esposa e eu que o trabalho dela como corretor de imóveis não é essencial. Diga isso aos meus filhos. O governo não tem o direito de tornar ilegal o trabalho e depois fingir que vai resolver o problema simplesmente imprimindo dinheiro que não possui. Obviamente, imprimir dinheiro rouba apenas o poder de compra das poupanças que as pessoas têm no banco para se cobrir durante esse momento absurdo.

7. A primeira emenda à constituição deve garantir o direito dos americanos de se reunirem pacificamente com seus semelhantes. Ou seja, para pacificamente protestar como um grupo. O que acontece quando eu me reúno com mais de 10 pessoas para protestar contra esse bloqueio insano de coronavírus que não faz nada para impedir a propagação de uma doença que o governo provavelmente já sabe a 6 meses atrás? Eu provavelmente passaria 6 meses na cadeia e todo mundo me diria que estou tentando matar os velhinhos. ISSO É UM ABSURDO! Não há nenhuma disposição na constituição que permita que esse direito humano fundamental de reunião seja ignorado durante o coronavírus ou em qualquer outro momento. Portanto, como a maioria das coisas que o governo dos EUA faz, isso também é um absurdo fundamentalmente ilegal.

8. O governo não tem dinheiro. Ele precisa roubar tudo o que recebe e, como está no vermelho, deve imprimir os US$ 2 trilhões do nada. O cara honesto da câmara dos deputados, Thomas Massie, chamou isso de uma enorme transferência de riqueza das massas para os ricos, com US$ 1200 de ajuda mensal como o queijo na armadilha. Ele está exatamente certo. É claro que ele está sendo massacrado na imprensa por tentar forçar outros políticos a pelo menos colocar seus nomes na votação. É claro que o insensato consenso bipartidário de estupidez o está castigando por ter integridade suficiente para pedir RESPONSABILIDADE. Eles apenas criam boatos dizendo que ele está tentando pegar coronavírus para passar para os outros políticos quando voltar para a capital para votar! Mais uma vez, um absurdo.

9. O Federal Reserve (FED) – Banco Central privado dos Estados Unidos (um pequeno grupo de PhDs em economia que tem o privilégio de monopólio de falsificar dinheiro e acredita falsamente que eles podem modelar a ação humana como uma equação de equilíbrio) acabou de dizer que iria recuar todas as dívidas. Então, aqui vamos nós novamente, só que desta vez é pior. Agora, o FED estabeleceu três novas linhas de empréstimo para COMPRAR títulos corporativos.

Então, em 2008 eles imprimiram dinheiro o suficiente para IMPEDIR que os preços caíssem para um nível em que cidadãos pudessem comprar suas casas, então eles compraram todas as hipotecas (para que o FED realmente possua todas as casas na América). Agora eles estão imprimindo mais dinheiro para comprar todas as grandes empresas. Logo, o Fed será o dono de todos os negócios, porque quem poderá competir com uma impressora que cria dinheiro do nada? Quem precisa de uma revolução comunista quando você tem um banco central?

Bem-vindo a 1984 nos Estados dos Banco Central da América.

As pessoas precisam começar a recuar contra essa insanidade.


Autor: Justin Pavoni
Obs.: Houve pequenas alterações do texto original.

Scan to Donate Bitcoin to Diversos Autores
Did you like this?
Tip Diversos Autores with Bitcoin
Powered by BitMate Author Donations
Compartilhe:
Tags dos artigos:
Categorias dos artigos:
Blog · Notícias

Espaço reservado para autores diversos.