banner
8 meses atrás
3538 Visualizações
5 2

Bitcoin é “pirâmide”? Não! Nunca foi!

Escrito por
Compartilhe:

“Pirâmide”, “esquema pirâmide” ou “pirâmide financeira” são as formas vulgares que nomearam o famoso esquema ponzi, criado por Charles Ponzi, na década de 1920, o termo “pirâmide” vem da estrutura como a venda é organizada: a pessoa no topo é a primeira a vender o bem ou serviço para outras pessoas, que também têm a obrigação de continuar com as vendas, formando vários níveis, ou cadeias, sempre com um novo “degrau”. Nesses casos, os pagamentos dos investidores vêm das aplicações feitas pelos novos membros. Em algum momento, a cadeia é rompida: os valores recebidos dos novos recrutados não são suficientes para pagar os membros mais antigos e os pagamentos começam a atrasar, até o momento em que param de ocorrer, com prejuízo para os participantes.

Devido a volatilidade do seu preço, do alto valor unitário e também de alguns casos onde pessoas ganharam muito dinheiro com a moeda, o Bitcoin às vezes é acusado de ser um esquema de pirâmide. E esse tipo de golpe tem surgindo com frequência, principalmente utilizando a moeda Bitcoin, promessas de investimento baixo, com retorno alto, sem necessidade de vender alguns produtos, todo lucro é proveniente da indicação de pessoas para fazer parte do grupo, o que não é o caso do Bitcoin. Com o Bitcoin não é necessário que novas pessoas comecem a minerar ou participem da rede para que ela continue funcionando, a rede independe do número de utilizadores, porém, quanto mais descentralizado e replicado o protocolo for, melhor para o desempenho da rede. A natureza limitada na fórmula do Bitcoin garante sua força, a impossibilidade de inflação e constante valorização no futuro.

O Bitcoin é uma tecnologia independente, aberta, pública e não depende de uma empresa ou um grupo de pessoas para funcionar, se alguém:

  • Cobra taxa de adesão para você ter seus Bitcoins.
  • Fala sobre derramamento de outros usuários na sua linha.
  • Pagamento de bônus em Bitcoins.
  • Mensalidade para participar do esquema.
  • Promete que você vai minerar Bitcoin no seu computador.

Saiba que você está lidando com um esquema em pirâmide, que repito, nada tem haver com o Bitcoin em si, estas pessoas estão apenas usando a imagem da nova tecnologia para se promover e fugir do rastreio estatal da movimentação desses valores, é bem sabido que inevitavelmente um dia essa empresa vai falir e não pagará as pessoas envolvidas no esquema. A ironia é que supostamente vivemos na era da informação, mas as pessoas continuam caindo nesse tipo de esquema. Outros casos famosos de pirâmides financeiras que não fizeram uso do Bitcoin foi o Boi Gordo, TelexFree, Avestruz Master e a mais famosa de todas que é garantida por lei, conhecida por “Previdência Social”. Porém, atualmente diversos “sistemas” se utilizam do Bitcoin para aplicar seus golpes, o mais recente caso mais famoso foi o da “mineradora em nuvem” chamada HashOcean.

Todos esses mitos acerca do Bitcoin ser uma pirâmide são criados e disseminados por se tratar de uma novidade, que tem funcionamento não tradicional. Mas, também, a desinformação e o receio de quem nunca teve contato são fortes geradores de falsas crenças.

Diferente desses esquemas, onde o fundador precisa convencer novos usuários cadastrados, o Bitcoin simplesmente foi criado e publicado em um fórum de criptografia. Satoshi Nakamoto, pseudônimo do desconhecido criador do Bitcoin, não prometia lucros, não convencia pessoas a comprar a moeda ou começar a minerar. Ele simplesmente continuou o desenvolvimento do protocolo, mesmo sem a adoção do mercado.

Compartilhe:
Tags dos artigos:
Categorias dos artigos:
Notícias
banner

Imobiliarista, investidor em criptomoedas, empresário no ramo de startups, desenvolvedor de websites, aplicativos móveis para smartphones e desktop. Entusiasta anarcocapitalista agorista e absolutista ético.